novembro 2014

Há 15 anos a internet ainda não era amplamente acessível. Muitos, só conseguiam usá-la discada e depois da meia noite quando a cobrança de pulso era mais baixa. Parece que foi ontem, mas tudo se modificou muito rapidamente. Hoje, por causa do 3G, estando em qualquer lugar que tenha sinal é possível consultar sites pelo celular. Com isso, a internet se popularizou e modificou a relação entre professores e alunos no modo de transmitir e consumir informação. Por isso, é importante saber como usar isso a favor do ensino e qual o papel do professor nos tempos de internet.

Com o desenvolvimento da tecnologia e com a facilidade de acesso a notebooks, muitos alunos preferem usar essa ferramenta para fazer anotações em vez do bom e antigo caderno. Ele é prático, consegue arquivar as mais diferentes aulas e anotações de maneira organizada e ainda permite que os alunos fiquem longe do peso dos cadernos. Mas será que é a melhor solução para a sala de aula e para a aprendizagem? Pesquisas apontam que não. Entre caderno ou notebook, o caderno ficou em primeiro lugar.