Gestão Escolar

O isolamento voluntário para precaução da disseminação do coronavírus (Covid-19) no Brasil já é uma realidade. A expectativa é de que, em breve, todas as escolas em território nacional suspenderam suas atividades para evitar o agrave do problema. Em um período delicado como este, algumas medidas podem ser tomadas pelas escolas para minimizar os impactos do recesso escolar e garantir que os alunos mantenham a rotina de estudos. Além disto, é necessário que medidas sejam tomadas para reforçar que a comunicação neste momento seja feita de maneira consciente.

Sem uma relação de parceria e confiança entre escola e comunidade, o desempenho dos alunos pode ser afetado e a instituição perde credibilidade no mercado. Desde que as crianças passam a ter uma rotina escolar, é papel da escola integrar as suas atividades pedagógicas ao contexto social e mobilizar os pais e responsáveis nesse objetivo.

A confiança na escola é um fator determinante para os pais na hora de escolher em qual instituição de ensino seus filhos vão estudar. Isso porque o que todos desejam é saber que os pequenos estão em boas mãos, se preparando para o futuro tanto em termos de conhecimento quanto em questões sociais.

Muitas pessoas não enxergam qual é a função do diretor escolar, acreditando se tratar daquela figura distante, que se encontra atrás de uma mesa, delega funções aos colaboradores de uma escola e castiga os alunos que não são obedientes ou estudiosos. Essa é uma visão distorcida de um profissional que é fundamental para o funcionamento das instituições de ensino.