família na escola

Família na escola: confira 5 ações para homenagear pais e alunos6 min read

O desempenho escolar é profundamente influenciado pela relação que o aluno tem com o professor e pela função da família na escola. A participação dos pais na vida dos discentes direciona positivamente a aprendizagem e deve ser estimulada pela instituição de ensino, a partir de algumas estratégias.

Para a escola, uma relação de proximidade com a família dos estudantes também é valiosa. A presença dos responsáveis no cotidiano dos pequenos faz com que eles percebam o valor que a instituição dá para o desenvolvimento dos seus alunos. As crianças se sentem mais motivadas, enquanto a escola constrói uma imagem cada vez mais positiva no mercado.

Saiba mais:

Escola e comunidade: confira 5 ações para fortalecer essa relação

8 dicas para melhorar o relacionamento entre família e escola

Afinal, quais são as vantagens de ter uma rede social para escolas?

Interessado pelo assunto? Acompanhe a leitura deste artigo para entender 5 ações que garantem a presença da família na escola e estreitam os laços entre pais, alunos, professores e instituição de ensino.

1. Eventos em datas comemorativas

Dia dos Pais, Dia das Mães, Natal e tantas outras datas comemorativas podem servir de oportunidades para a escola criar eventos e trazer a família para a instituição de ensino. Em datas que homenageiam as figuras paternas e maternas, a direção pode promover brincadeiras que estimulam o trabalho em equipe e o respeito.

Outra dica é realizar homenagens com a ajuda dos professores, como danças, gravações, cartas e desenhos. A carta é uma ótima maneira de unir o exercício da escrita com a homenagem a um parente. Esse tipo de ação estimula a criatividade da criança e ajuda a estreitar os laços entre escola e família.

Outro exemplo é um recado em vídeo, feito pelo aluno e gravado na própria escola com a ajuda da equipe pedagógica. É uma oportunidade de a criança expor o carinho que sente pelos seus pais, com a leitura de mensagens ou a realização de improvisações e performances.

2. Feira do livro

Promover uma feira do livro permite que a escola reúna grupos editoriais, marcas e artistas locais, abrindo a possibilidade de fazer parcerias comerciais importantes para o seu crescimento enquanto empresa. No entanto, mais que uma chance de fazer negócios, a feira do livro representa uma ótima maneira de garantir a presença da família na escola.

O espaço de interação construído em uma feira do livro pode ser animado para as crianças e para os responsáveis, além de estimular um hábito fundamental para todos, que é a leitura. Nesse sentido, a instituição pode promover a troca de livros entre os pais, fazendo com que os responsáveis também se integrem ao evento e saiam de lá com uma nova aquisição.

A feira do livro ainda aguça o desejo literário dos pequenos, com rodas de leitura, discussões, conversas com autores e narração de histórias.

3. Atividades em equipe

A interação construída com a família na escola visa fortalecer o sentimento de união entre todos os envolvidos, direta e indiretamente, na vida estudantil dos alunos. Por isso, a instituição de ensino pode realizar, ao longo do ano letivo, atividades que estimulem o pensamento lúdico e que promovam o trabalho em equipe com a participação dos pais e responsáveis.

Uma maneira de fazer isso é por meio dos jogos internos anuais, que envolvem principalmente os alunos menores. Estimular não só a presença dos pais nos jogos, mas também a participação com o aluno, estreita os laços da escola com a família.

Algumas brincadeiras também são úteis para esse objetivo. O desafio dos olhos vendados, por exemplo, é uma ótima dinâmica de trabalho em equipe, que pode ser explorada com os responsáveis e os estudantes.

Nesse desafio, uma pessoa conduz a outra, que está com os olhos vendados, até chegar ao final de uma trilha (que pode ser feita dentro do ambiente interno da escola). A pessoa com os olhos vendados permanece com uma das mãos no ombro do seu guia, que deve dar dicas e apontar os cuidados necessário para que os dois consigam passar pelas barreiras ao longo do caminho.

É uma brincadeira que estimula a confiança, o trabalho em equipe e a responsabilidade de ajudar o próximo.

4. Apresentações

Outra maneira de estimular a presença da família na escola é por meio de apresentações feitas pelos alunos. Poesia, dança, músicas e tantas outras expressões artísticas podem ser exibidas em um “show de talentos”, um momento em que o estudante ganhará a atenção e o carinho de colegas, professores e familiares.

Esse tipo de dinâmica é fundamental para o desenvolvimento emocional dos alunos, na medida em que eles passam a ter mais autoestima e confiança por terem um espaço dedicado à expressão de habilidades que relevam seus gostos e personalidades. É importante que a equipe pedagógica auxilie os alunos em suas expressões artísticas e respeite as vontades de cada um.

Os pais gostam muito de iniciativas como essa e percebem a valorização que a escola oferece aos seus estudantes. São dinâmicas extracurriculares que enriquecem a rotina das crianças e melhoram a credibilidade da instituição de ensino.

5. Palestras e debates

Reunir os familiares na escola também pode gerar a reflexão sobre assuntos que abrangem a educação infantil. Além das reuniões de pais, a instituição pode convidar os responsáveis para palestras e discussões que tematizem um assunto específico, como diversidade, bullying, preconceito, inclusão social etc.

Esse tipo de evento pode acontecer no próprio ambiente escolar ou em espaços de convivência externos. Também é possível contar com a presença de especialistas no assunto e abrir oportunidades para que os pais compartilhem suas experiências e tirem dúvidas.

A promoção de palestras e debates fortalece a missão que a escola tem com a família de contribuir para o desenvolvimento das crianças.

A presença da família na escola é uma interação que ajuda a criança a construir princípios importantes para a vida, como socialização, trabalho em equipe, responsabilidade e respeito. Portanto, cabe à gestão escolar promover esse tipo de iniciativa. Como vimos, existem diferentes ações que estreitam esse laço e tornam os pais agentes ativos na vida estudantil dos pequenos.

Gostou das dicas? Siga a Escolaweb nas redes sociais para acompanhar mais novidades sobre gestão escolar. Estamos no Facebook, no Instagram, no Youtube e no LinkedIn.