Como se conectar com alunos desconectados

Como se conectar com alunos desconectados3 min read

Uma das situações mais frustrantes que um professor pode enfrentar é quando ele prepara uma aula, dedica-se, e vê que há aqueles alunos desconectados e apáticos, que não prestam atenção no que ele diz, como se estivessem no mundo da lua. Como fazer para engajar estes alunos desinteressados? Como conectar-se com alunos desconectados?

Felizmente, há meios para driblar essa situação e ganhar a atenção desses alunos desconectados. O caminho não parece fácil, porém, com algumas táticas simples é possível despertar a atenção desses alunos e motivá-los a participar. Vamos a elas:

Caminhe e converse

Chame esse aluno e caminhe pela escola, conversando com ele. Quando estamos andando e conversando, o diálogo fica mais informal, e é possível arrancar algumas informações importantes usando essa estratégia. Talvez não sejam suas aulas o problema: talvez o aluno trabalhe demais, durma tarde, esteja com problemas pessoais. Dessa forma você consegue tirar um fardo de suas costas, indagar sobre os tópicos pelos quais ele se interessa e usá-los para ganhar sua atenção.

Cumprimente os alunos

Há professores que sequer sabem o nome de seus alunos. É fundamental demonstrar que você se importa com eles, com sinceridade. Às vezes, pequenos gestos produzem um grande impacto. Mostre que você os considera. Ouça mais, fale menos. Procure entender e conversar com seus alunos. Eles precisam confiar em você para que você consiga algo positivo deles. Eles precisam saber que têm valor. Crie neles o sentimento de pertença.

Crie situações de liderança

Seu aluno desinteressado é bom no videogame? Prepare então uma aula na qual ele possa se sentir importante ao comentar sobre um assunto que ele domina. Quanto mais valorizado o aluno se sentir, mais ele vai querer participar das aulas. Descubra o potencial de cada aluno e explore seus pontos fortes. Use também seus próprios pontos fortes e participe ativamente de atividades que interessem aos alunos.

Elogie seus alunos

Celebre mesmo as pequenas vitórias, os menores sucessos. Faça isso de forma privada. Elogie seus alunos a cada conquista. Assim, eles estarão mais propensos a participar e evoluir cada vez mais.

  • Deixe-se mostrar

Compartilhe com seus alunos suas preferências, ansiedades e planos. Deixe que eles te conheçam como pessoa, o que você pensa, suas opiniões. Não tema ser mais íntimo de seus alunos na justa medida. Faça com que eles saibam que você também é humano. Sorria. Seja relevante. Faça com que suas aulas signifiquem algo na vida deles.

  • Preocupe-se com seus alunos

Os alunos aprendem sobre aquilo que importa para eles, de pessoas que se importam com eles e com as quais eles também se importam. Muitos alunos precisam de um espelho, de alguém para admirar. Seja esse campeão para seus alunos!

  • Aceite sugestões

Faça com que os alunos trabalhem em grupos, pois o trabalho colaborativo ajuda os alunos a saírem de suas conchas. Aceite as sugestões de seus alunos que julgar viáveis. Dê opções sobre o que aprender, ou como aprender. Quanto mais poder eles sentirem que têm, mais eles vão querer participar.

Você deve estar pensando em como fazer isso com tantos alunos: comece aos poucos, vá motivando e tocando o coração, nem que seja de um só aluno por vez. Com o tempo, você saberá criar essas novas conexões, esses novos vínculos com outros alunos. Deixe claro que errar é humano e faz parte do processo de aprendizagem. Isso vale para você também!

Esse post foi útil para você? Não esqueça de deixar seu comentário!

Baixe nossos materiais educativos neste link.