Férias escolares: Saiba como planejar a reforma na sua instituição

férias escolares

Férias escolares: Saiba como planejar a reforma na sua instituição

A melhor época para investir em melhorias, sem dúvida, é durante as férias escolares. Fazer reformas é sempre um grande problema, ainda mais durante o período de aulas, em que os alunos estão por toda a parte na escola. 

No entanto, para que tudo dê certo e a reforma termine antes que as aulas recomecem, é preciso que as melhorias sejam muito bem estudadas e planejadas, como organizar com antecedência o que será reformado, fazer um orçamento detalhado, entre outros cuidados.

Saiba mais:

Projeto político-pedagógico: a importância de traçar rumos para sua escola

Saiba como organizar o setor de contas a pagar da sua escola

Nota fiscal escolar: guia rápido sobre a emissão do documento

 

A seguir, mostraremos de que forma você pode se planejar para a reforma de modo que ela não atrapalhe a rotina das aulas. Acompanhe a leitura!

Compreenda a importância das obras para a escola

A escola deve investir em benfeitorias regularmente e existem muitas razões para isso, uma delas é o aproveitamento de espaços mal utilizados. Muitas vezes, uma sala sem atividades pode se transformar em um agradável espaço de leitura para os pequenos ou em um ambiente voltado às atividades extracurriculares, por exemplo.

Outro motivo importante para a reforma é investir em tecnologia. Essa é uma tendência nas instituições, como as salas no formato Google que contam com um espaço multimídia – livres das tradicionais cadeiras e lousas.

Todas essas reformas e benfeitorias ajudam a valorizar a escola perante os clientes, que percebem a sua preocupação em disponibilizar um espaço confortável, seguro e atualizado. Isso é essencial para manter e atrair novos alunos. Por isso, sempre faça a atualização do site apontando as melhorias que foram feitas a cada ano.

Entenda por que fazer reformas durante as férias escolares

O período de férias escolares é relativamente curto. Isso porque as atividades escolares se encerram próximas ao Natal, já que muitos alunos ficam em recuperação, há ensaios para as festas de final de ano etc.

Dessa forma, sobra pouco tempo até que o próximo período de atividades escolares se inicie. Portanto, essa é a melhor época para as reformas, já que não há movimentação de crianças no local.

Fazer reforma com os alunos em aula, além de ser um transtorno por conta do barulho e sujeira, também gera riscos de acidentes. Por isso, o prazo que a escola tem deve ser muito bem aproveitado.

Saiba como se planejar para as reformas no período de férias escolares

As reformas em um ambiente escolar precisam ser rápidas, já que não é adequado conciliar essas tarefas com o período letivo, salvo pequenos reparos em feriados escolares. Portanto, a fim de que as obras não se transformem em uma grande dor de cabeça, algumas dicas devem ser seguidas.

Execute um diagnóstico do que precisa de manutenção

O primeiro passo em uma reforma é saber o que será feito. Desse modo, defina com antecedência todas as atividades que serão executadas, como troca de pisos, pinturas nas paredes, manutenções em pisos de madeira, reformas na fachada do prédio etc.

Se houver muitas obras a serem feitas, o ideal é estipular qual é a prioridade entre elas. Dessa forma, ficará mais fácil se organizar e estabelecer o que deve ser consertado.

Realize um planejamento financeiro

A seguir, é preciso saber qual é o valor que a escola terá reservado para gastar com a reforma. Isso porque nem sempre o tamanho da obra é compatível com os recursos disponíveis. Portanto, o ideal é que o planejamento financeiro comece com bastante antecedência, a fim de não sobrecarregar o caixa.

Ebook: Custos

Faça um projeto de obras

A fim de que a obra ocorra sem transtornos, é imprescindível que ela seja bem planejada. Fazer um projeto é parte desse planejamento e evita uma série de inconvenientes que sempre aparecem.

Em um projeto, são estimados todos os passos da obra, como o que será feito e a quantidade de material que será utilizado, assim como a previsão de início e término. Com base nessas informações, fica mais fácil identificar eventuais problemas, tanto operacionais quanto financeiros.

Escolha os profissionais e programe as datas

A escolha dos profissionais não pode ser feita na última hora. Isso porque o período que a escola tem disponível para as obras é praticamente entre as semanas de Natal, Ano Novo e começo de janeiro. Nessa época, muitas empresas e prestadores de serviços entram em férias coletivas.

Portanto, se as obras forem realizadas entre o final de dezembro e início de janeiro do ano seguinte, o melhor momento para começar o planejamento é no mês de agosto ou início de setembro. Preste muita atenção para não fugir dessas datas, pois, dessa forma, você terá tempo suficiente para organizar as coisas e conseguir bons preços e prazos de pagamentos.

Peça orçamentos

Os orçamentos são essenciais para que você faça a gestão de compras de maneira eficiente. Com o objetivo de que o planejamento financeiro fique dentro do que foi previsto, faça pelo menos três cotações. Essa quantidade é importante para saber se o que você pretende gastar está de acordo com o valor de mercado. Além disso, contribui para a negociação entre os preços dos concorrentes.

No entanto, faça orçamentos entre profissionais com níveis de experiência semelhantes. Dessa forma, seja qual for o escolhido, a qualidade do serviço será equivalente.

Siga sempre o cronograma de obras

Com o propósito de não perder nenhuma dessas etapas, e perceber somente na véspera da obra que esqueceu de alguma coisa, crie um cronograma de obras para ser seguido antes de iniciar qualquer novo projeto de reforma.

Agosto e setembro

Analise a necessidade de obras e discuta internamente o que pode ser feito. Se for o caso, contrate um arquiteto ou designer de interiores, dependendo do tamanho e tipo de reforma.

Outubro

Escolha qual será o foco principal da reforma e faça o projeto e planejamento da obra.

Novembro

Esse é o momento de fazer os orçamentos e fechar negócio com os prestadores de serviço. Além disso, deve-se analisar se os materiais que serão utilizados na reforma precisam ser comprados com certa antecedência, como alguns tipos de pisos e revestimentos.

Dezembro

A obra se aproxima, portanto, esse é o momento de comprar os materiais com entrega rápida e preparar a escola para o início da reforma, que deve terminar antes do período de volta às aulas.

Como vimos, planejar reformas na escola é uma atividade que deve ser feita com uma certa antecedência, de modo que seja executada durante as férias escolares. Para isso, siga todas as dicas que relacionamos até aqui e, a cada ano, ofereça sempre uma novidade especial aos seus alunos!

E você? Tem alguma dúvida ou sugestão sobre como podemos planejar a reforma da escola? Então deixe o seu comentário aqui no post e compartilhe seu pensamento conosco e com nossos leitores!