horário escolar

Melhore o desempenho da sua escola com um horário escolar bem definido

Quando a gente fala de rotina escolar algo básico em que nos atrelamos são os horários de aula. Eles são o Norte e ditam o dia a dia dentro das instituições. Apesar de parecer algo simples, a montagem deste documento é de extrema importância e demanda muita atenção da equipe responsável. Um horário mal estruturado pode comprometer o rendimento de professores e principalmente dos estudantes. Em contrapartida, um horário bem desenvolvido aumenta o engajamento escolar.

Por isso, é essencial que se tenha atenção na hora da montar este importante documento. Você sabia que as escolas gastam, em média, 180 horas para organizar um quadro de horário escolar? Essas horas geralmente são distribuídas em dois ou três meses de muito trabalho.

Bastante tempo, não é mesmo? No caso de uma escola com 20 turmas, por exemplo, existem mais de um bilhão de combinações possíveis. Dá para imaginar? Mas não precisa se preocupar com estes números! Hoje vamos te ajudar a montar um quadro de aula eficiente com algumas dicas. Confira abaixo!

A importância de um quadro de horário escolar

Montar o quadro de horário escolar pode ser muito mais complexo do que você imagina. Esta montagem é de responsabilidade da administração do colégio junto com a coordenação pedagógica. Cabe a eles organizar, dirigir, planejar e ainda controlar todas as esferas e tarefas desse quadro.

Este planejamento também deve levar em consideração o papel social da escola, seus objetivos e metas e o plano global escolar. Por envolver tantas variáveis, montar um quadro de horário escolar não demanda só tempo, mas também muito empenho do responsável por essa desgastante tarefa.

Como fazer?

Diversas variantes precisam ser colocadas na ponta do lápis na hora da montagem do documento. Listamos abaixo dois pontos importantes que precisam ser levados em consideração:

1 – Verifique a agenda do professor

Quer um exemplo? Devido a grade curricular, às vezes o professor de inglês não se dedica exclusivamente as aulas na sua instituição. Não é difícil ver professores que lecionam em um, duas ou três escolas diferentes.

Além do horário disponível na agenda de trabalho do profissional, o tempo de deslocamento dele precisa ser posto em conta. Isto porque corre o risco dele se atrasar para as aulas na sua instituição caso não seja levado em conta a distancia que ele percorre.

Para evitar este tipo de transtorno, é necessário diálogo e planejamento para que nem a escola e nem o docente saiam perdendo.

2 – Evite aulas muito longas

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Chicago em 1910, as pessoas só conseguem prender a atenção em um determinado assunto por 50 minutos. Por isso você deve evitar que as aulas se prologuem mais do que isso. Sabe aquela história de colocar duas aulas de matemática na sequência? Então, esqueça!

Com isso você evita que os alunos se distraiam e em consequência, tenham um desempenho ruim na matéria. Ajustando os horários das turmas desta forma, você melhora o engajamento dos alunos e consequentemente até as notas da turma.

Como a tecnologia pode ajudar?

Hoje, com o desenvolvimento da tecnologia, é possível otimizar este serviço, quando se tem um sistema de gestão dentro da sua escola tudo fica mais fácil. Atualmente, existem programas on-line e softwares que facilitam o dia a dia dentro da sua instituição, automatizando processos e a rotina escolar. Alguns softwares podem ser atrelados ao sistema e organizar o quadro de horários, incrível, não é mesmo? Com isto é possível ter tranquilidade e segurança de que os horários estão bem estruturados.

O URÂNIA, por exemplo, é uma ferramenta especializada em montar quadro de horários escolar e pode ser atrelada ao Escolaweb. Com ela você consegue organizar as variáveis, economizar os recursos financeiros e trazer benefícios para professores e alunos. Uma ótima opção, sem dúvida!

A conta destes benefícios é bem simples, quer ver as vantagens?

horário escolar

Viu como um horário bem organizado pode mudar completamente o engajamento dentro da sua instituição? Aproveite então para por em práticas todas as dicas para o próximo semestre!