educação criativa

Veja como estimular uma educação criativa na sua escola6 min read

A criatividade é uma característica presente em todas as pessoas, porém em diferentes medidas. Para desenvolver essa habilidade, a escola deve estimular e propor uma educação criativa. O objetivo é fazer com que os alunos aprendam como estimular a imaginação para utilizá-la como uma ferramenta em sua vida pessoal e profissional no futuro.

Entretanto, esse é um grande desafio para a escola, pois a maioria das práticas pedagógicas segue procedimentos e padrões determinados, o que dificulta o desenvolvimento da criatividade nos alunos.

Saiba mais:
O que é Educação 4.0 e como ela vai mudar o modo como se aprende?
Quais são as 7 características em comum das escolas mais inovadoras e criativas?
O guia completo de gestão democrática nas escolas

Para ajudar nesse desenvolvimento, vamos mostrar por que é importante estimular a criatividade nos alunos e de que forma a escola pode contribuir para isso. Acompanhe a leitura!

Entenda a importância de estimular a criatividade nos alunos

Um estudo realizado na Fundación Botín, na Espanha, apontou que o desenvolvimento criativo na infância contribui para aumentar em 17,6% a possibilidade de que a criança entre em uma boa faculdade e tenha um bom emprego, além de reduzir em 10% a chance de que ela fique desempregada.

Além disso, a pesquisa mostra também outros benefícios para a vida dos alunos que tiveram um desenvolvimento criativo, como o interesse em atividades voluntárias e o de cultivar fortes amizades.

A criatividade é uma característica extremamente importante durante toda a trajetória da criança. Atualmente, vivemos um período com muitas modificações, a cada dia surgem novas tecnologias e diferentes formas de pensar.

É essencial que o aluno tenha habilidade para acompanhar essa evolução e a criatividade é uma grande aliada nesse processo. Em razão disso, a escola, em seu papel de educadora, tem a função de estimular os alunos para que eles possam desenvolver seu potencial criativo.

Veja como a escola pode desenvolver uma educação criativa

A instituição pode contribuir para o desenvolvimento criativo dos alunos de diversas formas. Confira algumas sugestões a seguir.

Invista na educação artística

A arte e a criatividade são parceiras inseparáveis. É impossível imaginar uma sem a outra. Por isso, essa é uma excelente disciplina para que os alunos desenvolvam seu potencial criativo.

A disciplina ajuda o aluno a exercitar várias formas de expressão por meio de diferentes tipos de produção artística. De acordo com a Base Nacional Comum Curricular, a disciplina deve oferecer conteúdos sobre artes visuais, dança, música e teatro. Tudo isso com o objetivo de estimular a criatividade dos estudantes.

Promova passeios culturais

Os passeios culturais são verdadeiros estimulantes para a imaginação dos pequenos. A visita a um museu, por exemplo, permite que eles visualizem objetos, quadros e inúmeros elementos que agucem o interesse sobre o assunto.

Eles também podem ser levados para assistir peças de teatro, exposições de artes, feiras de livros e diversos passeios que permitam que eles tenham uma visão diferente da teoria ensinada na sala de aula.

Modernize a infraestrutura do espaço escolar

Oferecer espaços modernos e atuais também é uma forma de estimular a criatividade, pois desperta o interesse dos alunos nos recursos oferecidos nesses ambientes.

Por exemplo, ao utilizar uma sala de aula interativa, os estudantes se deparam com uma forma diferente de aprendizado, o que contribui para estimular o pensamento e a criatividade. Outra sugestão é criar ambientes com jogos educativos em que eles são estimulados a utilizar o raciocínio.

Ofereça recursos tecnológicos

A cada dia surgem tecnologias que facilitam a vida das pessoas em todos os lugares, inclusive na escola. Por isso, a instituição não pode ficar para trás e deve acompanhar essa evolução.

Até mesmo porque, segundo uma pesquisa realizada pela Panorama Mobile Time/Opinion Box sobre Crianças e smartphones no Brasil, de outubro de 2019, 83% das crianças até 12 anos têm acesso a um smartphone.

Portanto, a escola deve oferecer recursos que explorem esse potencial. Um exemplo é um aplicativo para os alunos que tenha uma rede social exclusiva da escola, que deve aproveitar o espaço para incentivar o diálogo e desenvolver atividades pedagógicas. Dessa forma, eles podem interagir, estimular a criatividade e aprender.

A oferta de recursos tecnológicos para os alunos permite que eles tenham mais interesse pela escola e suas atividades, o que é muito importante para o desenvolvimento.

Estimule o desenvolvimento de ideias

Uma forma dinâmica e envolvente de estimular o desenvolvimento de ideias é apresentar problemas para que os alunos ofereçam soluções inteligentes para eles.

Por exemplo, os professores podem apresentar algum assunto muito discutido atualmente, como a sustentabilidade, e solicitar ao grupo que apresente soluções para as diversas variações do tema, como problemas com o desperdício de água, como economizar energia ou como tratar a reciclagem dos plásticos.

Enfim, o importante é fazer com que eles desenvolvam a criatividade ao apresentar soluções para essas questões.

Incite a curiosidade

Os professores devem estimular a curiosidade por meio do pensamento crítico, ou seja, devem fazer com que os alunos reflitam sobre determinado problema de modo a encontrar uma solução criativa para ele.

Uma criança curiosa desenvolve a criatividade com mais facilidade. Isso porque a curiosidade envolve a descoberta de alguma coisa, o que estimula o pensamento e faz com que ela crie diversas soluções para um problema até que encontre a resposta certa.

Por isso, elaborar atividades que estimulem a curiosidade é muito importante para o desenvolvimento criativo do aluno.

Incentive a leitura

Estimular a leitura é uma forma eficiente de aumentar a criatividade dos alunos. Nem sempre essa atividade é considerada prazerosa por eles, por isso a escola deve encontrar formas de fazer com que eles se interessem pelos livros.

Uma maneira de fazer isso é conciliar a leitura com outras atividades. Por exemplo, os alunos podem ler um livro e elaborar uma peça de teatro sobre o que leram para fazer uma apresentação durante algum evento escolar.

Dessa forma, além de se interessarem pela leitura, terão o trabalho de elaborar a peça ou uma apresentação de dança, por exemplo, que conte a história do livro. Essas atividades ajudam a desenvolver a criatividade e estimulam o gosto pela leitura.

A escola pode utilizar diversos recursos para desenvolver uma educação criativa, como estimular o desenvolvimento de ideias, investir em uma infraestrutura moderna e em recursos tecnológicos. Assim, além de despertar o interesse dos alunos pelas aulas, despertará a criatividade deles também.

Gostou do nosso conteúdo sobre a criatividade na escola? Então, leia também sobre por que é importante acompanhar o rendimento escolar dos alunos!