Antes de te direcionar para o Whatsapp, preencha o formulário.

Tenha o Escolaweb na sua escola hoje mesmo!

Fale com um dos nossos consultores e transforme a experiência de gestão da sua instituição.

Entenda o papel da infraestrutura escolar no desenvolvimento dos alunos

22 de novembro de 2019
7 minutos

É certo que ter uma equipe pedagógica eficiente é essencial para oferecer uma boa qualidade de ensino. Entretanto, contar com uma infraestrutura escolar moderna é outro fator importantíssimo para uma instituição. E, acredite, ajuda a garantir um bom aproveitamento do processo educacional dos alunos.

Os problemas de infraestrutura vão desde a falta de locais específicos para determinadas atividades, como bibliotecas e laboratórios, às instalações inadequadas, em que há deficiências nas condições básicas para o funcionamento da escola.

Neste artigo, mostramos porque é tão importante que a instituição invista na sua infraestrutura para oferecer aos estudantes, bem como as formas de fazer isso. Veja a seguir!

Por que a infraestrutura escolar é tão importante?

Com base nos dados revelados pelo Censo Escolar de 2018, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 95% das escolas de ensino médio têm acesso à internet. Em contrapartida, o percentual de instituições de ensino com laboratório de ciências é de apenas 44%.

Ainda de acordo com a pesquisa, há uma grande diferença em relação às infraestruturas disponíveis em escolas públicas e privadas. Por exemplo, 57,2% das instituições particulares têm um laboratório de ciências e apenas 28,8% das escolas municipais contam com esse espaço.

Apesar de ser ignorada algumas vezes, a deficiência na infraestrutura escolar é um grande problema. Além de prejudicar a qualidade do ensino, diminui o interesse do aluno pelos estudos, aumenta as taxas de reprovação e também contribui para a evasão escolar.

É muito importante que a escola ofereça uma boa infraestrutura para o discente, isso contribui para o aprendizado dele. Para exemplificar melhor: as famosas aulas práticas – normalmente feitas em laboratórios – melhoram visivelmente o processo de ensino-aprendizagem do estudante. Afinal, torna tudo mais interessante e proveitoso.

Além disso, deve-se considerar que a infraestrutura não diz respeito só aos espaços físicos, como quadras, bibliotecas e laboratórios. Os recursos digitais também fazem parte da infraestrutura escolar. E, sem dúvidas, é uma forma de melhorar a qualidade de ensino e atrair a atenção dos estudantes.

 

Saiba como melhorar a infraestrutura escolar

A instituição pode investir em vários aspectos para melhorar a infraestrutura escolar para os seus alunos. E saiba que isso, de fato, não é gasto, é investimento. Afinal, é uma forma de estimular os alunos e gerar interesse pelo ensino e pela escola em si.

Consequentemente, os estudantes aumentam seu desempenho e ainda indicam a instituição para outras pessoas. Ou seja, as chances de captar mais alunos aumenta consideravelmente.

Para te ajudar nessa questão, selecionamos alguns pontos que fazem toda diferença na sua infraestrutura escolar. Continue a leitura!

 

Faça investimentos em tecnologia

É inegável que usar a tecnologia tem vários benefícios para a escola e para o nosso dia a dia. Por exemplo, usar um software de gestão escolar, além de contribuir para as tarefas administrativas e voltadas à gestão, também otimiza o aprendizado e desempenho dos alunos. Uma vez que oferece inúmeros recursos que deixam a rotina mais prática, leve e interativa.

Isso significa que os estudantes podem organizar suas tarefas diárias com mais facilidade, bem como acompanhar suas notas, acessar diversos materiais didáticos complementares e consultar ou renovar livros da biblioteca. Assim como podem conversar com os professores de forma mais rápida por meio de chat, e abrir chamados na secretaria.

Ainda para os professores, também há benefícios: eles conseguem acompanhar o desempenho dos alunos, registrar faltas, notas e ocorrências, compartilhar o plano de aula e disponibilizar materiais didáticos complementares de forma bem mais fácil e prática.

Sugestão de leitura:

Aplicativo para escola: veja como pode facilitar a vida de todos →

Não tem como fugir. Sabemos bem que a tecnologia já faz parte da vida dos alunos, responsáveis, professores e gestores – dentro e fora da escola. Por isso, quando a instituição oferece esses recursos tecnológicos, significa que ela se preocupa em acompanhar a evolução do mercado e prestar um serviço de maior qualidade.

 

Tenha um projeto pedagógico

Basicamente, o Projeto Político-Pedagógico (PPP) é um documento que guia as ações a serem feitas a curto, médio e longo prazo. Ele descreve como, quando, porque e o que será feito para que a instituição alcance seus objetivos escolares e institucionais ao longo do ano letivo.

Esse documento mostra qual é a proposta educacional da instituição. E serve tanto para guiar as ações – como citamos acima – quanto para avaliar o desempenho e seus resultados em determinado período. A partir daí, a gestão escolar consegue identificar os pontos de melhoria e criar estratégias de aperfeiçoamento.

Apesar de atemporal, é importante que o PPP seja regularmente revisado e atualizado. Afinal, o próprio cenário em que a instituição está inserida pode mudar.

Ele também é essencial para a gestão da infraestrutura escolar porque, ao elaborá-lo, é possível saber quais são os recursos físicos e digitais necessários para atingir os objetivos. Por exemplo, se a instituição definir que dará aulas interativas, será necessário investir em salas de aula que tenham lousa digital, tablet ou computadores. Já para realizar confraternizações e outros eventos escolares, é necessário ter espaço físico disponível.

Assim, a escola pode se organizar para oferecer as condições necessárias às atividades previstas no seu Projeto Político-Pedagógico.

 

Invista em laboratórios

Conforme mencionado na pesquisa do Inep, o laboratório de ciências é um dos espaços de infraestrutura escolar que mais precisam de investimento. Sem dúvidas, esse é um espaço que faz toda diferença na qualidade de ensino e no interesse dos alunos.

Afinal, as aulas práticas de ciências, química e física, por exemplo, ajudam a fixar o aprendizado na mente dos estudantes. Isso é, ao colocarem a “mão na massa”, eles aprendem melhor – e com mais facilidade – o que o professor apresenta como teoria em sala de aula.

O laboratório de informática é outro local extremamente importante, ainda mais nos dias atuais. Segundo dados da mesma pesquisa, 98,8% das escolas federais, 68,4% das escolas privadas e 64,4% das municipais têm esse espaço.

Porém, precisamos ressaltar que esse índice deveria ser maior nas escolas privadas e municipais, já que a tecnologia é essencial para o aprendizado dos alunos e as instituições precisam acompanhar essa evolução.

Em contrapartida, a pesquisa TIC Educação 2018, realizada pelo Cetic.br, revela um bom cenário. Os dados mostram que 76% dos professores buscam, na internet, alguma maneira de melhorar o seu conhecimento sobre o uso de recursos tecnológicos nas atividades educacionais.

Leia também:

6 maneiras de o profissional da educação se manter atualizado →

 

Invista no espaço físico da infraestrutura escolar

O desenvolvimento dos alunos também está relacionado à socialização. Isso significa que a escola deve investir em espaços para que os estudantes interajam e melhorem o convívio entre si. E existem diversos ambientes que proporcionam essa interação, como quadras para a prática de esportes, pátio para os alunos ficarem durante os intervalos, entre outros.

Além disso, o espaço de sala de aula deve estar de acordo com o número máximo de alunos por classe e, ao mesmo tempo, ser bem aproveitado. Por exemplo, uma sala muito grande e com poucos alunos facilita a dispersão entre eles. Isso compromete o aproveitamento da aula e o relacionamento entre os próprios estudantes.

Outro ponto extremamente importante é a acessibilidade. Ou seja, é preciso investir em rampas de acesso, corrimãos, banheiros adequados e outros recursos necessários para garantir a inclusão e a mobilidade de todas as pessoas que frequentam a instituição.

Saiba mais:

Guia definitivo sobre a Lei de Inclusão | Baixe grátis o e-book →

Como vimos, a infraestrutura escolar é essencial para o desempenho dos alunos, além de influenciar no posicionamento da escola no mercado. Por isso, a instituição deve investir em recursos físicos e digitais para melhorar qualidade de ensino e otimizar a rotina escolar.

Agora que você já sabe a importância da infraestrutura escolar física e digital, pode tomar decisões mais assertivas sobre isso na sua instituição. Inclusive, se estiver em busca de um software para otimizar a sua gestão escolar, entre em contato conosco e agende uma demonstração gratuita do sistema Escolaweb! 🙂

Quero no meu site

Se mantenha atualizado sempre!

Você pode amar!

Newsletter

Descubra as últimas tendências no universo da educação e explore uma variedade de ideias para elevar a gestão da sua instituição.

Indique e Ganhe

Indique o Escolaweb para uma instituição e ganhe uma bonificação!

Obrigado!

Seu Cadastro foi realizado com Sucesso!